sexta-feira, 6 de abril de 2012

Será sempre saudade


Ter na lembrança esse pedaço de você é a certeza que será sempre saudade. É mais carne no meu peito do que pensamento ou desejo. E saudade não passa. Daqui certo tempo quero te olhar, encarar, e assim como sempre esconder meus desejos vicerais. Te dou aquilo que é metafórico com medo de sermos iguais. Seus sussurros são sempre saudade. Respondo que aprisiona e você continua com a mesma resposta em seu olhar. Sua resposta contradiz seu sorriso, seu toque, e sua educação. Eu não deveria morrer assim de amor. Nem sempre saudade é simples. Preferiria um pouco de esquecimento. E quando digo que não preciso, aquele que escuta ri, e maliciosamente consente com a vida que, passando, ri também de mim e desse amor sempre saudade.

5 comentários:

OutrosEncantos disse...

Vim desejar-te Páscoa feliz, Santiago.
Deixo-te um abraço.

Pipa. A Pipa dos Ventos. disse...

Deviam inventar um imobilizador de sentimentos... Contra todos os prognósticos a saudade continua aí, sobrevivendo...

Ah Velho Santiago,
Um abraço desamparado

Fabi Anselmo disse...

A saudade é coisa de gente forte! Os fracos preferem esquecer, eu não... prefiro doer!

Fabi Anselmo disse...

Ei... adoro teu blog, nem sempre comento pq tenho problemas sérios de relacionamento com este verificador de palavras aí...

Carol Carvalho disse...

Perfeito!