segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Minha Gitã



Você ainda não me pergunta porque sou tão calado. E não entenderia se eu dissesse, mesmo porque não sei dizer isso que se sente. É dificil, quase não tem significados pra se expressar. Sentimento assim só dá pra sentir. Não consigo falar de amor, não consigo sorrir, só dá pra olhar e perceber que tudo o resto toca a alma, nada mais. Por enquanto, você me tem todo dia, toda hora e não entende. E mesmo que EU pergunte, nada vai lhe mostrar essas razões que passam por mim no momento. Será preciso passar pelo fogo, pela terra, pelo ar e pela água pra que você entenda: mas isso está tão longe ainda pra você! Tenha calma, logo saberá se é bom ou ruim, se vale o sacrifício, se é bom ou ruim. Dê tempo, e saberás que do sonho brota este amor.

3 comentários:

Reflexo d Alma disse...

Ei!
Passando pra te ler
e deseja uma linda semana.
Amo vir aqui.
Bjins entre sonhos e delírios

O poder infinito de Deus não está na tempestade, mas na brisa.
Rabindranath Tagore

. disse...

Amei tudo por aqui, estou seguindo e será um prazer muito grande se me seguisse também. Boa semana.

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Vim tomar banho de leveza.

Aqui a fonte é cristalina.


Escureci outra vez. Vai clarear não vai?